Quer saber mais sobre o Cabelo Afro? Aqui você vai aprender boas práticas para que os seus fios (naturais ou não) cresçam saudáveis, fortes e bonitos.

Baby Hair: 4 dicas para cuidar da linha frontal dos seus cabelos

2 1.059

Pra quem não sabe, o Baby Hair (“cabelo de bebê”, em tradução livre para o português) são aqueles fiosinhos novos que vão nascendo na parte frontal da cabeça. Eles costumam ter uma textura bem fina em relação ao restante do cabelo, e por isso, exigem uma série de cuidados para que estejam aliádos e saudáveis.

Os baby hair costumam “ter vida própria” porque são bastante leves, e não possuem tantam força para crescer, estando quase sempre desalinhados. A parte boa é que com alguns truques, eles podem desenhar o contorno do rosto, deixando o penteado ainda mais estiloso.

Não sei vocês, mas eu me preocupo muito com a linha frontal dos meus cabelos! Alias, morro de medo de ficar como a Naomi Campbell nessa foto e, por isso, vivo tomando cuidados para que minha linha frontal permaneça saudável e cheia. É importante cuidar da linha frontal dos seus cabelos para evitar alopécia por tração.  Confira neste post várias dicas para lidar com o baby hair.

Cuidando do seu baby hair

Se você ainda não sabe, essa é uma parte extremamente frágil do cabelo! É onde estão os chamados “baby hairs”, que são aqueles cabelos fininhos no comecinho do nosso cabelo. Felizmente, com alguns cuidados, você pode fazer com que ess parte do seu cabelo não se quebre tão facilmente. Separei 4 dicas:

1 – Hidrate e sele constantemente o seu baby hair

a mesma atenção que você tem com o resto do seu cabelo, você deve ter com a sua linha frontal. Geralmente, eu costumo espalhar um pouco de creme leave in e água na região, e depois selo com óleo de argam. Aliás, muita gente usa óleos para acelerar o crescimento, quando por algum motivo, os fiozinhos “baby hair” começam a rarear. Quando acho que meu cabelo está muito fino nessas áreas, por exemplo, uso óleo de rícino para o crescimento. Funciona! Só que como o rícino é um óleo pesado, o ideal é passar um pouco à noite e massagear antes de dormir, depois, removê-lo durante a manhã.

2 – Penteie com cuidado

Principalmente quando vamos fazer um coque, ou um rabo de cavalo, temos costume de puxar bastante o cabelo para evitar que fiquem frizz ou cabelos arrepiados ao redor da cabeça. Essa é uma prática que apesar de comum, não é muito saudável. Quando você puxa demais corre o risco de estar aplicando muita pressão na raiz do cabelo e acelerando a sua queda. Se você faz mais e mais vezes, vai acabar prejudicando o crescimento desses fiozinhos. Entao, invista em uma escova macia e ao pentear o cabelo para trás, faça com carinho. Outra dica que eu sigo e costumo compartilhar é que se o produto tem uma consistência grossa (seja gel, ou reparador de pontas, por exemplo), é bom não aplicar muito. Utilize o produto com moderação, viu?

3 – Não prenda o cabelo muito apertado

Eu não sei o que passa na nossa cabeça quando a gente aperta tanto o cabelo assim, mas sei não é algo saUdável. É preciso ter cuidado ao amarrar o cabelo, porque fazer isso cria uma tensão desnecessária na linha frontal do cabelo. O mesmo vale para tranças, box braids, e twists: quando muito pesadas, especialmente ao redor da cabeça, que é a parte mais frágil do cabelo, elas podem acelerar a queda, fazendo com que o seu cabelo pareça cada vez mais fino. É claro que não precisa deixar tudo frouxo, mas também não precisa fazer um penteado que deixa a sua cabeça doendo!

4 – Durma em travesseiros com fronhas de seda

Você definitivamente deveria investir em fronhas de seda. Além de serem agradáveis, eles ajudam a preservar o seu penteado e previnem que você perca a hidratação (já que o algodão absorve mais a oleosidade natural dos seus fios, ao contrário da seda). Além disso, a seda te ajuda a prevenir a quebra do fio: o atrito entre algodão e o seu cabelo acelera a quebra e também causa frizz no seu cabelo, sendo ele crespo natural ou não. Se você não tem fronha de seda, um lenço faz esse trabalho!

Outras dicas rápidas de cuidados com o seu Baby Hair

  • Use produtos estilizadores, como géis ou pomadas capilares, você pode manter o Baby Hair modelado rente à testa. Você pode criar desenhos, ou deixar seu baby hair com um aspecto mais natural.
  • Como o baby hair é mais fino e sensível, utilize escovas bem macias. Assim, você não corre o risco de quebrá-los e danificá-los. Um truque simples é o de usar uma escova de dente para penteá-lo.

E vocês, têm mais alguma dica?

Como fazem para cuidar dessa parte tão frágil do cabelo?

2 Comments
  1. sara says

    Legal

  2. cas says

    poxa, devido ao uso das trabças eu acabei ficando com alopécia por tração na parte da frente do cabelo. Já tinha usando tranças outras vezes mas dessa ultima, apertaram tão forte que fiquei japonesa. Resultado: careca na parte da frente.,.to tratando com minoxidil, mas o resultado demora tanto :///

Leave A Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.