Quer saber mais sobre o Cabelo Afro? Aqui você vai aprender boas práticas para que os seus fios (naturais ou não) cresçam saudáveis, fortes e bonitos.

Cronograma Capilar: o que é e como fazer?

1 7

Deixa eu te contar uma coisa: às vezes, só um cronograma capilar salva! Quer saber o que é cronograma capilar, e como fazê-lo? É só continuar a leitura!

Bom, a lista de atitudes que causam danos irreversíveis aos cabelos é grande: uso constante da chapinha, secador, os milhares de procedimentos químicos além também dos banhos com água muito quente, exposição ao sol, mar, piscina e por aí vai.

Eu sei de tudo isso porque há cerca de 2 anos meus fios sofriam danos decorrentes destas situações. Na época eu relaxava o meu cabelo, e por mais que tentasse evitar grandes problemas, os fios acabavam sofrendo. Esses danos quase diários fazem com que qualquer fio de cabelo acabe mais ressecados, quebradiços, com frizz e sem qualquer vida.

Para lidar com tantos problemas, e trazer saúde para os meus fios, acabei optando pelo Cronograma Capilar. Lembro que só o cronograma capilar foi capaz de deixar meus fios com maciez, brilho e força. E óbvio que durante toda a transição capilar, e depois dela, continuei aplicando os conceitos que aprendi nos cronogramas em todos os meus tratamentos com as madeixas.

O que é o cronograma capilar?

O cronograma capilar é uma rotina de cuidados que você tem com os seus cabelos para recuperar a vida dos fios. O método considera as particularidades de cada caso de forma completa, e por isso é tão eficiente.

De maneira bem resumida, o cronograma capilar envolve a criação de uma agenda de tratamentos capilares para reconstrução, hidratação e nutrição (que é a devolução da massa capilar e também das vitaminas essenciais para os fios). É como se você montasse uma lista com diversas rotinas específicas para que o seu cabelo reponha os nutrientes essenciais e se mantenha saudável.

Nesta agenda, os tratamentos poderão ser realizados em até um mês, e podem ser repetidos quantas vezes forem necessárias até que os seus fios se recuperem. O cronograma é dividido em etapas onde os cabelos receberão doses semanais de produtos e máscaras diferentes.

Quando você começa a pesquisar sobre o assunto, montar um cronograma pode até parecer algo complicado, mas na realidade não é. Tudo o que você precisa é de um pouquinho de paciência para compreender como funciona e quais são as necessidades do seu cabelo.

Você também precisa de disciplina e boa vontade para seguir todo o método adequadamente, e para medir os resultados. A parte boa é que todo o trabalho compensa: no final, eu garanto pra você que você vai obter cabelos macios, brilhosos e completamente saudáveis.

Como fazer um cronograma capilar?

Antes de mais nada, sempre indico que você monte um cronograma capilar com a duração de um mês, para que fique mais fácil acompanhar a sua agenda. Assim, caso seja necessário, você pode repeti-lo até que os fios recuperem a saúde, o brilho e a resistência.

Também recomenda-se que o mesmo cronograma seja utilizado por até três meses antes de ser adaptado. Para os casos de perda de massa capilar, repita o tratamento até que seja recuperada toda a elasticidade e saúde dos fios.

Não é difícil encontrar na internet uma variedade enorme de modelos de cronogramas capilares. Sempre indico que eles sejam usados como base para orientação, principalmente para quem está começando, mas depois adapte o calendário de ações às necessidades do seu fio.

Aliás, se você está começando a  aprender mais sobre cronograma capilar, pode começar com o tratamento mais conhecido, que contém oito hidratações, três nutrições e uma reconstrução por mês. Depois, com os cabelos mais saudáveis, você já pode personalizar o seu cronograma.

Veja quais são os processos essenciais no cronograma capilar:

1 – Hidratação

A hidratação serve para repor a água e os nutrientes do fio, deixando o cabelo mais macio, maleável e brilhoso.

Quem precisa: Ela é indicada para todos os tipos de cabelos, uma vez que não importa o tipo de fio, todos recebem agressões do sol, da praia, piscina, secador, chapinha e etc. Os fatores externos danificam o couro cabeludo e abrem as escamas dos fios, fazendo com que surjam diversos problemas capilares como ressecamento e pontas duplas. Portanto, a hidratação pode corrigir esses danos e é recomendada ao menos uma vez por semana.

Se usar em excesso: Fique atento! O excesso de cremes no couro cabeludo pode aumentar a oleosidade e escamação do escalpo. Portanto, tenha o cuidado de enxaguar bem todo o produto, e respeitar o intervalo de 48h entre as sessões. Lembre-se também que o produto não deve permanecer nos cabelos por mais tempo do que é indicado na embalagem.

Substâncias para hidratação: glicerina vegetal, glicerina, bepantol, proteína elastina e colágeno, extratos botânicos, panthenol, aloe vera, vitaminas, sacarose, proteína de aveia, proteína de arroz, proteína da seda, proteína hidrolisada da soja, proteína hidrolisada do milho, mel, chocolate, entre outras.

2 – Nutrição

A nutrição tem a função de repor os lipídios essenciais para que a oleosidade natural dos fios se desenvolva. Cabelos nutridos são mais sedosos e brilhosos também.

Quem precisa: Se você tem fios ressecados, opacos, finos, quebradiços e sem movimento, o tratamento é para você.

Se usar em excesso: O excesso de cremes para a nutrição também pode causar oleosidade nos fios, fazendo com que os cabelos pareçam ensebados e pesados.

Substâncias para nutrição: ceramidas, manteiga de karité , manteiga de cacau, manteiga de murumuru, manteiga de cupuaçu, manteiga de abacate, manteiga de macadâmia, manteiga de tutano, óleo de argan, óleo de tutano, óleo de abacate, óleo de oliva, óleo de coco.

Leia também: Os melhores Óleos para o crescimento do cabelo

3 – Reconstrução

A reconstrução tem a função de repor a massa e as proteínas nos fios, devolvendo a rigidez e a força para os cabelos. A principal proteína que compõe os fios é a queratina, e por essa razão, esse é um item essencial nos tratamentos de reconstrução.

Quem precisa: O tratamento é ideal para pessoas que sofrem com os fios porosos e quebradiços, e pessoas que fazem tratamentos químicos como alisamentos capilares.

Se usar em excesso: O uso em excesso de cremes para reconstrução faz com que os fios fiquem muito enrijecidos e com aspecto grosso. O ideal é que o processo de reposição das proteínas seja realizado com um intervalo de 15 dias entre uma sessão e outra para que os fios não fiquem muito duros.

Substâncias para reconstrução: Queratina, arginina, colágeno, cisteína, creatina, proteínas e aminoácidos de trigo entre outros.

O cronograma capilar é eficiente?

Sim. Como eu falei no começo, foi depois de montar um cronograma que consegui ter fios mais saudáveis e bonitos, com um crescimento adequado.

O cronograma capilar é extremamente eficiente e eu recomendo especialmente para pessoas que enfrentaram agressões químicas como alisamento, relaxamento, progressiva, tintura e outras. Quando o cronograma é utilizado de forma adequada, a recuperação dos fios é rápida e eficaz.

E você, também tem um cronograma capilar? Qual é a sua experiência com o método? Conta pra mim nos comentários!

Leia também:

1 Comment
  1. […] O cronograma consegue repor água, nutrientes, lipídios e proteínas que os cabelos perdem diariamente.Saiba aprofundadamente o que é um cronograma capilar. […]

Leave A Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.