Quer saber mais sobre o Cabelo Afro? Aqui você vai aprender boas práticas para que os seus fios (naturais ou não) cresçam saudáveis, fortes e bonitos.

10 Dicas para um cabelo relaxado e saudável

6 2.270

Você acabou de relaxar o cabelo e não sabe ao certo que cuidados tomar para mantê-lo saudável? Fica tranquila que neste post você encontra dicas e soluciona suas dúvidas sobre o cabelo relaxado.

Muita gente acha que os cuidados com cabelos naturais e o tratamento feito em cabelos relaxados são diferentes. E eu sei, isso até que faz sentido: o cabelo natural costuma ser bem crespo, já o relaxado é o oposto disso.

Mas verdade seja dita: para ter um cabelo saudável, a rotina de cuidados entre um cabelo relaxado e um natural é bastante semelhante. Mesmo!

Talvez a única diferença é que os cabelos relaxados precisam de maior atenção na hora de combinar químicos – como quando você quer pintar o cabelo, por exemplo. De qualquer forma, dicas para um cabelo crespo você encontra por aí aos montes. Esse artigo é especial para quem relaxou o cabelo, e também quer tê-lo saudável.

Os melhores cuidados com o cabelo relaxado

Vamos às dicas?

1 – Hidrate o cabelo periodicamente

Um cabelo relaxado tende a ficar ressecado mais facilmente porque o processo de relaxamento muda a estrutura dos fios, removendo componentes importantes dos fios – aqueles que retém a hidratação. Isso significa que você deve hidratá-lo após a lavagem, ao menos 1 vez por semana, e diariamente, nutrir as pontas do cabelo com algum óleo natural, ou outro leave in de sua preferência. Na verdade, este calendário de ações muda de cabelo para cabelo, encontrar um que funciona para você é essencial. Escolha hidratantes a base de água e lave o seu cabelo com shampoo sem sulfato para aqueles dias que você vai lavar o cabelo, mas ele não está tão sujo assim.

2 – Use óleos naturais

Você sabe por que óleos são importantes? Bom, se você hidrata o cabelo pós-banho, esta umidade acrescida aos fios não vai durar muito se você não fizer nada para mantê-lo selado. As moléculas de água são pequenas o suficiente para penetrarem no fio de cabelo, mas esse tamanho também faz com que elas evaporem rápido. Portanto, o óleo é normalmente usado para revestir o cabelo depois de aplicar o seu hidratante diário. O óleo tem moléculas são grandes demais para realmente penetrar os fios, então eles ficam na superfície dele, criando uma capa protetora, e ajudando a evitar que a umidade dos fios evapore. Existem muitos tipos de óleos leves que podem fazer bem para o seu cabelo: o famoso argam, óleos de semente de uva, o óleo de coco, etc. Escolha um tipo que funciona bem com o seu cabelo, e se apegue nele.

3 – Tratamentos de proteínas também são importantes

As ligações químicas do cabelo, a maioria delas proteicas, são literalmente quebradas durante o processo de relaxamento do cabelo.  Isso significa que com a proteína que reveste os teus fios danificada, seu cabelo relaxado fica muito fraco. É importante investir em bons tratamentos para a reconstrução capilar. Existem tratamentos de reposição de massa de bastante qualidade no mercado. Converse com o seu cabeleireiro sobre isso.

Vale ressaltar que existem cabelos e cabelos, e o que é bom para você pode não ser tão bom assim para mim. Em algumas pessoas, o excesso de proteína pode fazer mal para a saúde do cabelo. Converse com o seu cabeleireiro sobre isso.

4 – Use estilos de proteção

Mulheres com o cabelo relaxado tendem a fazer escova/chapinha, e usar o cabelo solto ou em um rabo de cavalo. Isso pode ser ruim porque o fio do cabelo relaxado é mais fino e fraco, ou seja, mais propenso à quebra. A tensão ou fricção do cabelo contra as roupas, e a excessiva manipulação pode estar quebrando as pontas do seu cabelo, ou seja, tirando o comprimento dele.

Usar um estilo de proteção vez ou outra pode te ajudar a conservar este comprimento, principalmente quando o seu cabelo está fraco. Se você não sabe o que é estilo de proteção, existe um artigo aqui explicando tudo.

5 – Diminua o uso de modeladores térmicos

Usar todos os dias secadores e chapinhas pode ser algo bastante prejudicial ao seu cabelo. As temperaturas altas tiram a hidratação do cabelo, deixando-o ressecado e quebradiço. Você conhece o seu cabelo e sabe que não precisa usar modeladores todos os dias. Use vez ou outra, e sempre utilize protetores térmicos.

6 – Preste atenção no período entre relaxamentos

Especialistas dizem que um cabelo tende a crescer 1.27 centímetros por mês. Alguns crescem menos, outros crescem mais do que isso. Então, se o seu intervalo entre um relaxamento e outro é pequeno, você pode acabar por passar o produto na parte do cabelo já relaxada, o que é muito prejudicial ao fio. O ideal é que o intervalo entre um relaxamento e outro seja maior do que 3 meses, porque assim, o cabelo “novo”, que cresceu durante o período, é suficiente para que você possa diferenciá-lo do resto.

7 – Corte as pontas

moça negra olhando para a direita com cabelo relaxado

Eu sei, também sou apegada a cada centímetro do meu cabelo, e parece que cortá-lo é algo que não ajuda em nada. Mas para ter pontas saudáveis, é importante tirar 1 cm de tempos em tempos porque faz com que você conserve o comprimento saudável do cabelo, além de deixar um visual mais alinhado. Converse com o seu cabeleireiro sobre isso.

8 – Escolha escovas e pentes adequados

Pentes muito finos podem ser prejudiciais ao seu cabelo, porque podem se prender nos fios, criando nós e causando quebras. Preste também atenção no processo de desembaraçamento: divida o cabelo em pequenas seções, e comece pelas pontas.

9 – Invista em produtos de qualidade

E por “de qualidade”, não quero dizer produtos caros. Os produtos de qualidade querem dizer “que combinam e fazem bem para o seu cabelo”. Lembre-se de apostar em linhas direcionadas a cabelos quimicamente tratados. Muitas meninas que relaxam o cabelo tendem a comprar cremes para cabelos lisos, e depois reclamam que o produto não produz o efeito desejado. A estrutura de um cabelo relaxado é diferente da de um liso, portanto, produtos agem  de forma diferente em e outro. Ah! E invista em cremes que auxiliam na hora de desembaraçar.

10 – Conheça o seu cabelo e escute a si mesma

Aqui vai uma opinião bem pessoal: entender o que melhor funciona com o seu cabelo é também entender o que melhor funciona com você. O seu cabelo é parte da sua identidade, e você precisa ter consciência disso. Digo isso, porque atualmente existe um movimento naturalista muito forte. Mais do que aderir ao movimento de uma hora para outra, você tem que lembrar dos motivos que fizeram você relaxar o cabelo pela primeira vez. Conheço muita gente que criou o hábito de alisar o cabelo mesmo antes de aprender a lidar com os seus fios naturais. Muita gente não teve a experiência de entender sobre textura, sobre cachos, cremes, e cuidados.

Se você se encaixa nesta categoria, é importante fazer um exercício simples de auto -conhecimento, e avaliar qual é o motivo que te fez gostar do seu cabelo assim, e não de outro jeito. Ao mesmo tempo, esse exercício de auto-conhecimento é de você para você. Não sou eu quem devo julgar se relaxar o cabelo é a melhor opção para você, não é qualquer desconhecido que deve fazer isso. É você que deve olhar no espelho e gostar do que está refletido ali.

Talvez você não gosta de como se parece com cabelo natural, ou às vezes não tem tempo de aprender como cuidar da nova textura. Talvez você sempre preferiu ser relaxada (simples assim), ou talvez você tem alguma outra razão que te fez decidir relaxar o cabelo. De qualquer forma, é uma decisão totalmente sua, e sinceramente, não deveria fazer diferença na vida das outras pessoas. Não sinta que você deve explicar para o mundo porquê decidiu relaxar, ou porque não assume o natural, ou por que isso, ou porque aquilo. Se é uma decisão consciente, está tudo certo. Você tem apenas que ter em mente que não pode ser escrava de um estilo. Você tem liberdade de assumir os cachos quando quiser, e voltar a ser relaxada quando quiser também.

Inspiração de Cortes de Cabelo Relaxado

Leia também:

É isso. Gostaram das dicas? Tem alguma outra dica para compartilhar? Conta pra mim nos comentários.

Imagens: Pexels | Pinterest

6 Comments
  1. Yola says

    amei as dicas sobre como cuidar de meu cabelo relaxado, sei que existe agora muitos movimentos para aderirem ao cabelo natural, mas não estou preparada para isto, prefiro ainda relaxar.

    obrigada

  2. Jéssica de Fátima says

    Essa matéria me ajudou muito. Faço relaxamento e estou conseguindo dar mais intervalos entre um processo e outro. Estou hidratando mais, nutrindo mais o que tem deixado meu cabelo mais forte. Só não sei se vou conseguir deixar a química de vez.

  3. Isabel says

    Adorei a última parte. Hoje relaxei o cabelo após 4 anos sem química e as pessoas perguntavam o porquê. Mas eu não fui atingida pela febre dos cabelos naturais, apenas gosto de usar tranças. Acho que as que as que usam o cabelo natural as vezes quando não está a 100% parecem meio malucas com o cabelo no ar.?

  4. gabriela says

    Adorei muito <3

  5. Ermelinda says

    Gostei das dicas. O visual é muito mais do que uma questão de apresentação fisica. è preciso nos identificarmos com nós mesmo moral e fisicamente

  6. Jemima Manhica says

    Adorei as dicas, mas acho que continuo falhando em alguma coisa a 20 anos que relaxo o cabelo mas ele nao densevolve nao sei o que fazer, eu amo cabelo relaxado.

Leave A Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.