Quer saber mais sobre o Cabelo Afro? Aqui você vai aprender boas práticas para que os seus fios (naturais ou não) cresçam saudáveis, fortes e bonitos.

O cigarro causa queda de cabelo? Descubra aqui

31

Se você é fumante ou conhece alguém que possui esse hábito, não pode deixar de ler o post de hoje. Aqui vamos responder a um questionamento muito comum: afinal, o cigarro causa queda de cabelo? Continue conosco e saiba todos os detalhes sobre esse assunto!

Cigarro causa queda de cabelo: mito ou verdade?

Vários estudos científicos apontam os males que o cigarro causa ao organismo e isso inclui também os cabelos. Então, sim, é verdade que o hábito de fumar contribui para a queda dos fios.

O pior é que pessoas próximas ao fumante, ou seja, os chamados fumantes passivos, também podem ser afetados pelo problema. Afinal, apenas a fumaça liberada pelo produto já causa diversos danos aos fios.

A nicotina e a saúde capilar

Quando dizemos que o cigarro causa queda de cabelo, isso está, em grande parte, relacionado com a ingestão de nicotina durante o fumo. Essa substância causa um estreitamento das artérias, diminuindo a circulação sanguínea.

A consequência dessa dificuldade na passagem do sangue faz com que menos nutrientes, como vitaminas e proteínas, cheguem aos fios. Isso gera no cabelo uma aparência desgastada e pode levar à queda.

Além da nicotina, respirar o monóxido de carbono liberado pelo cigarro prejudica o fluxo de oxigênio no corpo. Sem a oxigenação correta, a estrutura do cabelo tende a ficar atrofiada, bem como aumentam as possibilidades de dermatites no couro cabeludo. Tudo isso, da mesma forma, aumenta as chances de queda.

A fumaça do cigarro também é uma das causas da queda de cabelo

Uma pesquisa feita pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN) mostrou que apenas a exposição à fumaça produzida pelo cigarro gera danos graves à estrutura dos fios. Isso ocorre porque esse vapor contém mais de mil componentes tóxicos ao organismo.

Quando o cabelo entra em contato com a fumaça, esta forma uma gosma amarelada que se prende ao fio, gerando mau cheiro e provocando modificações na textura do mesmo. O resultado disso é desidratação e enfraquecimento da fibra, podendo levar à formação de pontas duplas, à quebra e à queda.

Na verdade, depois de uma exposição prolongada, o desgaste pode ser tão intenso que seu cabelo deixa de ter cutícula, a camada externa que protege a região central do fio (entenda aqui mais detalhes sobre a estrutura capilar).

Genética e o uso do cigarro

Pessoas com predisposição genética para desenvolverem alopecia, ou calvície, enfrentam o problema muito mais cedo por conta do uso do cigarro.

Afinal, o corpo enfrenta várias substâncias químicas agressivas de forma intensa. Isso diminui suas defesas, gera processos inflamatórios, libera radicais livres e altera as funções metabólicas.

Sendo assim, pessoas que têm familiares calvos ou doenças que desencadeiam o problema devem ter atenção redobrada na hora de iniciar ou manter o hábito do fumo.

Diante de tudo o que mostramos neste post, fica claro que o cigarro pode causar queda cabelo. Isso vale tanto para quem traga o produto ou apenas está exposto a ele. Portanto, repense seus hábitos e opte por um estilo de vida mais saudável. Seu corpo e seus cabelos, com certeza, agradecem.

Ah, e não deixe de compartilhar este artigo em suas redes sociais. Assim, você pode ajudar outras pessoas a entenderem melhor a relação entre cigarro e queda capilar.

Comments are closed.