Quer saber mais sobre o Cabelo Afro? Aqui você vai aprender boas práticas para que os seus fios (naturais ou não) cresçam saudáveis, fortes e bonitos.

Queda de cabelo no outono aumenta? Descubra aqui

4

Você já sentiu que em alguns meses do ano seu cabelo parece cair mais? Caso tenha pensado que isso não passava de ilusão de sua cabeça — literalmente —, viemos aqui esclarecer esse ponto. Afinal, existe um estudo científico que comprova um aumento da queda de cabelo no outono.

Quer entender melhor a relação existente entre as estações do ano e a fragilidade dos fios? Então, vem com a gente e boa leitura!

Queda de cabelo no outono: um estudo científico

Um estudo feito na Suíça, pelo Departamento de Dermatologia do Hospital Universitário de Zurique, chegou à conclusão que nos meses referentes ao período do outono o cabelo cai em maior quantidade. A análise foi feita durante seis anos e em mais de 800 mulheres saudáveis.

O estudo citado é o em maior escala já realizado, mas não o único. Ao longo do tempo, médicos dos Estados Unidos e da França fizeram pesquisas similares, em homens e mulheres. O resultado de todas elas foi bem próximo ao encontrado pelo departamento suíço.

Entenda por que o cabelo cai no outono

Não são fatores mágicos, nem nada parecido, que geram um aumento da queda de cabelo no outono. O que ocorre é que nossos fios passam por um ciclo natural de vida. Isso é dividido em três fases:

  1. anágena: é o momento do crescimento capilar e dura entre dois e seis anos;
  2. catágena: é um período de transição em que o fio não cresce mais e começa a envelhecer;
  3. telógena: é fase da queda. Aqui o cabelo já não recebe mais nutrientes e começa a cair. Isso dura cerca de 100 dias.

Quando chega ao último estágio, o ciclo reinicia e novos fios nascem no lugar dos que se desprenderam. O que os cientistas descobriram é que essa série de acontecimentos segue um ritmo constante.

Assim, eles perceberam que a fase telógena começa, quase sempre, no mês de julho, que representa meados do verão no hemisfério norte. Consequentemente, os fios começam a se desprender entre setembro e novembro. Ou seja, na estação do outono.

No Brasil, e no hemisfério sul como um todo, o ciclo se repete só que em meses diferentes, mas seguindo as estações do ano.

Queda capilar e o aspecto evolucionário

Independentemente se você vive nos países ao norte do hemisfério ou ao sul, as fases de desenvolvimento capilar seguirão um ritmo constante. Os cientistas ainda não descobriram uma razão específica para isso ocorrer e muito menos por que ela segue as estações do ano.

Contudo, no próprio estudo suíço especula-se que o motivo esteja relacionado com questões evolutivas. Afinal, a principal função do cabelo é servir de proteção para o couro cabeludo.

Assim, o pico da queda de cabelo no outono tem razões estratégicas. Esse período é neutro e com temperaturas amenas, diferentemente do verão ou do inverno. Nestes últimos momentos, o corpo mantém os fios para proteger você das baixas temperaturas e da insolação das horas do dia de sol intenso.

Como deu para perceber, tudo em nosso organismo funciona de maneira sincronizada, adaptando-se ao meio ambiente. Isso também vale para a queda capilar, que acompanha as estações do ano.

Agora, quando você sentir os fios caírem no período do outono, já vai entender a razão para esse acontecimento. Então, não perca tempo e compartilhe este artigo com seus amigos ou parentes. Até mais!

Comments are closed.